top of page

Cateterização da Artéria Radial para Monitorização Invasiva da Pressão Arterial



Técnica de cateterização da artéria radial

Imagem do vídeo disponível no nosso canal do YouTube demonstrando a técnica de cateterização da artéria radial.


A cateterização da artéria radial é um procedimento essencial nas áreas da terapia intensiva, cirurgia e anestesiologia, permitindo o acesso preciso à pressão arterial para monitoramento contínuo e intervenção terapêutica quando necessário. Seu objetivo principal é fornecer informações cruciais sobre a hemodinâmica do paciente. Além disso, o acesso à artéria radial facilita a coleta seriada de gasometrias, auxiliando na tomada de decisões clínicas fundamentais durante a cirurgia cardíaca ou na UTI.


No vídeo abaixo, disponível no nosso canal do Youtube, apresentamos de maneira prática a técnica de punção e cateterização utilizando um kit apropriado. Contudo, mesmo na ausência desse kit específico, é viável realizar o procedimento com um jelco.



Com relação ao uso do jelco, recomendamos:

  • Jelco 24 em crianças com peso inferior a 10 quilos

  • Jelco 22 em crianças de peso superior a 10 quilos(com o bom senso e, se possível, a avaliação com USG do calibre do vaso)

  • Jelco 20 em adultos, um jelco 20. A disponibilidade do kit mencionado no vídeo é altamente vantajosa, pois simplifica significativamente o processo de cateterização.


Jelco e suas cores

Os Jelcos possuem diferentes calibres com cores específicas. Na prática, usamos o "amarelinho" em neonatos, o Azul em crianças pequenas e o Rosa para crianças e adultos.


Dicas Importantes:

1. Posicione adequadamente a mão e o punho do paciente, utilizando um coxim no dorso do punho e fixando os dedos com esparadrapo para garantir estabilidade durante o procedimento.


2. O calibre do cateter ou jelco varia conforme o tamanho do paciente. O princípio orientador é: quanto menor o paciente, menor deve ser o calibre do cateter.


3. Ao realizar a punção, escolha um ponto ligeiramente distal à marca cutânea do punho, afastado do ponto de flexão, para evitar que o cateter ou jelco seja "acotovelado" caso o paciente flexione o punho.


4. Antes de fixar o cateter, verifique sempre se a curva de pressão e a leitura no monitor estão adequadas, garantindo a precisão dos dados coletados.


5. Deixe pronto o material necessário para realizar uma gasometria inicial imediatamente após a punção, facilitando a obtenção de informações basais.



Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
bottom of page