Índice Neutrófilo-Linfócito e Cardiopatia Congênita: conceito, utilidade e perspectivas


Valdano Manuel

Conceito e utilidade do índice neutrófilo-linfócito

O índice neutrófilo-linfócito (INL) é definido como a razão entre o total de neutrófilos sobre o total de linfócito. Quanto menor o denominador maior será o INL.

O INL foi apresentado como um importante biomarcador de prognóstico e de desfechos, tanto duros quanto substitutos, em pacientes adultos com doença coronariana e com valvopatia há mais de 10 anos. Embora ainda não muito disseminado, é um conhecimento que vem crescendo cada vez mais e o entendimento da sua patogênese está cada vez mais sedimentado.

O conceito de INL como biomarcador em crianças com cardiopatias congênitas foi recentemente introduzido na literatura médica. No início dos anos 2000 se começou a perceber que pacientes com um aumento dos leucócitos que eram submetidos a correção cirúrgica de cardiopatias congênitas com circulação extracorpórea tinham pior desfecho. Só recentemente, 2019, se começou a ser testado o INL como biomarcador inflamatório preditor de desfecho.

Aonde estamos?

Alguns estudos foram publicados buscando entender melhor esse biomarcador nessa subpopulação de pacientes. Os estudos são unânimes quanto aos seus achados, e o que se sabe até ao momento é que INL alto está associado a insuficiência renal aguda, insuficiência hepática, síndrome de baixo débito, maior tempo de ventilação mecânica (insuficiência respiratória), maior tempo na unidade de cuidados intensivos, maior tempo de internação hospitalar, mortalidade e sobrevida a curto prazo.(1-4)

O que falta ser respondido?

Existem várias questões a serem respondidas tais como patogenia, cut-off e quem são os mais inflamados? Cianóticos ou acianóticos? Biventriculares ou univentriculares? Será que o que estamos medindo no sangue periférico é o que está acontecendo no coração? O que faremos com esse conhecimento?

Como conseguem perceber, estamos bem no início do conhecimento sobre o assunto, mas estamos confiantes e entusiasmados com o progresso. Em breve serão publicados alguns trabalhos respondendo algumas dessas questões supra-citadas. Faremos questão de partilhar com todos vocês.

Aonde queremos ir?

A ideia é respondermos todas aquelas perguntas. Caso as respostas sejam esclarecedoras, nós estaremos oferecendo um biomarcador inflamatório simples, barato e disponível em qualquer lugar como um preditor pré-operatório de desfechos no pós-operatório de correção cirúrgica de cardiopatia congênita com o uso da circulação extracorporea, bem como haverá a abertura de uma linha de pesquisa para intervenção precoce para prevenir a maioria desses desfechos.

Referências

  1. Manuel V, Miana LA, Guerreiro GP, et al. Prognostic Value of the Preoperative Neutrophil-Lymphocyte Ratio in Patients Undergoing the Bidirectional Glenn Procedure. J Card Surg. 2020;35(2):328-334.

  2. Savluk OF, Guzelmeric F, Yavuz Y, et al. Neutrophil-lymphocyte ratio as a mortality predictor for Norwood stage I operations. Gen Thorac Cardiovasc Surg. 2019;67(8):669–676.

  3. Xu H, Sun Y, Zhang S. The Relationship Between Neutrophil to Lymphocyte Ratio and Clinical Outcome in Pediatric Patients After Cardiopulmonary Bypass Surgery: A Retrospective Study. Front Pediatr. 2019;7:308.

  4. Iliopoulos I, Alder MN, Cooper DS, et al. Pre-operative neutrophil-lymphocyte ratio predicts low cardiac output in children after cardiac surgery [published online ahead of print, 2020 Mar 5]. Cardiol Young. 2020;1–5. doi:10.1017/S1047951120000487

Sobre o autor

Valdano Manuel

Residente de Cirurgia Cardiovascular – Incor – HCFMUSP, SP – Brasil

Cirurgia Geral – HCFMUSP, SP – Brasil;

Graduação: Faculadade de Medicina na Universidade Jean Piaget, Luanda – Angola;

Pesquisador: Cardiopatias Congênitas, Cirurgia Cardiovascular e Imunologia

Revisor e Membro com Corpo Editorial de alguns periódicos Médicos como World Journal for Pediatric Congenital Heart Surgery, Brazilian Journal Cardiovascular Surgery, Heart Lung and Circulation entre outros.

Posts Em Destaque
Posts Recentes