top of page

Anticoagulação na doença valvar

Vamos descrever aqui, rapidamente e de forma resumida quando realizar, como realizar e com o que realizar a anticoagulação nas doenças valvares cardíacas.


Indicações de anticoagulação oral


Valva nativa:


- Estenose mitral com fibrilação atrial e/ou trombo atrial esquerdo:

  • Varfarin - IB

  • DOACS - IIIC

  • AAS - IIb B

-Demais valvopatias com FA:

  • Varfarin - I B

  • DOACS - IIa C

  • AAS - IIb B

-Evento embólico prévio sem FA

  • Varfarin - I B

  • DOACS - III C

  • AAS - IIb C

Protese biológica:


-Fibrilação atrial:

  • Varfarin - IB

  • DOACS - IIb B

  • AAS - IIb C

-Ritmo sinusal, prótese aórtica ou mitral (primeiros 3-6meses)

  • Varfarin - IIb

  • DOACS - III

  • AAS - IIb

TAVI


-Fibrilação atrial:

  • Varfarin - I B

  • DOACS - IIb C

  • AAS + Clopidogrel - III B

  • AAS - III C

-Ritmo sinusal

  • Varfarin - III

  • DOACS - III

  • AAS ou Clopidogrel indefinido - IIa

  • AAS + clopidogrel por 3-6 meses - IIb


Como realizar a Anticoagulação com Varfarin


Primeiro devemos ver a idade do paciente.

  • >65 anos começamos com 2,5mg de varfarin 1x ao dia.

  • <65 anos começamos com 5mg de varfarin 1x ao dia.

O tempo de protrombina devera ser dosado na 3º dia para avaliação da hiper-responsividade à medicação e novamente no 5º dia, data a partir da qual a dose passa a ser ajustada. Após o quinto dia, repetir o exame de 5 em 5 dias ate atingir o nível terapêutico.


A razão de normalidade (INR) deve ficar entre 2,0-3,0., exceto para pacientes portadores de prótese mecânica em posição mitral, protese mecânica em posição aórtica associada à Fibrilação atrial (FA), estado de hipercoagulabilidade e ventos cardioembólicos na vigência de INR 2-3, nesses casos o alva passa a ser 2,5-3,0.


Após se atingir o alvo terapêutico o controle do INR passa a ser mensalmente. De acordo com o resultado do exame podemos aumentar 10-15% a dose semanal, diminuir 10-15% a dose semanal ou até interroper o uso por um tempo. Conforme imagem abaixo.



Arq Bras Cardiol. 2020; 115(4):720-775


REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA


Atualização das Diretrizes Brasileiras de Valvopatias – 2020, página 756-757

Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
bottom of page