QUAIS OS SINAIS DE FRATURA DE ELETRODO DE MARCAPASSO ?


A imagem acima representa uma fratura de eletrodo na região da loja do gerador em uma paciente que vinha sendo acompanhada no ambulatório sendo diagnosticada com desgaste total da bateria do gerador precoce. Durante o procedimento cirúrgico para troca da bateria, após substituir o gerador conforme a posição que aplicávamos nos eletrodos a impedância alternava subindo abruptamente até que foi encontrado o local de lesão que podemos ver da imagem acima.



  • A incidência de fratura de eletrodos de marcapasso gira em torno de 1-4% (1).

  • Os locais mais frequentes de fratura são

  • 1. Bolsa do gerador

  • 2. Próximo a entrada do eletrodo na veia subclávia e tem como mecanismo a compressão e estresse que pode ocorrer na região entre a clavícula e a primeira costela.

  • As causas podem estar relacionadas a:

  • 1. Erro técnico (lesão pelo material cirúrgico, grande angulação entre o ponto de punção pra introdução do eletrodo e a clavícula, torção excessiva para inserção do dispositivo dentro da loja),

  • 2. Comportamento do paciente (Trauma na loja do gerador, sobrecarga de exercício, etc.)

  • Os sinais que geralmente encontramos:

  • Aumento da impedância e impossibilidade de avaliação através da telemetria (2).

  • Lembrar que danos no isolamento do eletrodo com manutenção dos elementos condutores - ou seja, a capa que reveste o metal é danificada mas o próprio metal não encontra-se fraturado - ocorre o contrário, a impendância ficará baixa e pode ocorrer Oversensing (sensibilidade aumentada, o eletrodo vai sentir correntes elétricas circunvizinhas já que não se encontra mais isolado)(3).




Referências:

1. CMAJ. 2009 Nov 24; 181(11): 823.

2. https://doi.org/10.1016/j.joa.2013.04.001

3. https://doi.org/10.1016/j.jacc.2016.10.061

#marcapasso #pacemaker #fraturadeeletrodo

Posts Em Destaque
Posts Recentes