top of page

Diagnóstico de Estenose Aórtica importante

Falaremos hoje de forma objetiva e resumida o que observamos na estenose aórticano:

  • Exame físico

  • Eletrocardiograma

  • Raio-x de tórax

  • Ecocardiograma

  • Ecocardiograma sob estresse com dobutamina

  • Tomografia computadorizada

  • Hemodinâmica


O que observamos no exame físico:

-Pulso Parvus et Tardus.

-Sopro sistólico ejetivo com pico telessistólico.

-Hipofonese de B1 e B2.

-Fenômeno de Gallavardin.

O fenômeno de Gallavardin ocorre quando a vibração da valva aórtica reverbera no anel mitral, provocando um sopro de irradiação para o foco mitral.

-Desdobramento paradoxal de B2 ou B2 única.


O que observamos no Eletrocardiograma:

-Sobrecarga de câmaras esquerdas

-Alteração de repolarização ventricular (padrão strain)


O que observamos no Raio-x de tórax:

-Índice cardiotorácico pode ser normal

-Sinais de congestão pulmonar.


O que observamos no ecocardiograma:

-Área valvar aórtica (AVA) ≤1,0cm2

-AVA indexada ≤0,6cm2/m2

-Gradiente médio VE/Ao ≥40mmHg

-Velocidade máxima do jato aórtico ≥4,0m/s

-Razão das velocidades de fluxo de via de saída do VE e valva aórtica <0,25


O que observamos no ecocardiograma sob estresse com dobutamina:

- Indicado para avaliação de gravidade anatômica em pacientes com EAo de baixo fluxo, baixo gradiente com FEVE reduzida, definida como: AVA ≤1,0cm2 com FEVE <50% e gradiente médio VE/Ao <40mmHg.

-Na presença de reserva contrátil (aumento de ≥20% do volume sistólico ejetado e/ou aumento >10mmHg no gradiente médio VE/Ao), pacientes com redução ou manutenção da AVA no pico do estresse possuem EAo importante (se aceita aumento da AVA de até 0,2cm2 com ocritério de manutenção da AVA). Paciente com aumento ≥0,3cm2 são definidos como portadores de EAo moderada (EAo pseudo-importante).

-Na ausência de reserva contrátil, devemos corroborar a gravidade anatômica com o escore de cálcio valvar pela tomografia de tórax.


O que observado na tomografia computadorizada:

-Escore de cálcio valvar aórtico acima de 1.300 AU para mulheres e 2.000 AU para homens reforça possibilidade de valvopatia importante


O que se observa no estudo hemodinâmico:

- Gradiente VE/Ao (pico) ≥50mmHg


Situação especial:

-EAo de baixo fluxo, baixo gradiente com FEVE preservada (paradoxal), definida como: AVA ≤1,0cm2 com FEVE >50% e gradiente médio VE/Ao <40mmHg. Nestes casos devemos ter os seguintes prâmetros para definição de EAo importante:

-AVA indexada ≤0,6cm2/m2

-escore de cálcio valvar aórtico elevado

-Pressão sistólica ≤140mmHg

-Volume ejetado indexado <35mL/m2

-Paciente com todos os prâmetros acima, porém com volume ejetado indexado normal (>35ml/m2) são definidos com EAo normofluxo baixo gradiente. Tal entidade foi recentemente descrita, as evidências são escassas e tais pacientes aparentam ter benefício com a intervenção valvar quando sintomáticos.




REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA:

Atualização das Diretrizes Brasileiras de Valvopatias – 2020

Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
bottom of page