Posicionamento e incisão cirúrgica para correção dos aneurismas toracoabdominais: como fazer?


A cirurgia para correção dos aneurismas toracoabdominais é desafiadora para a maioria dos cirurgiões. Devido a localização da aorta na região de transição entre o tórax e o abdominal, o primeiro desafio posto para o cirurgião consiste em expor de maneira adequada todo segmento toracoadominal da aorta.

Nessa postagem basicamente irei mostrar o posicionamento do paciente e a incisão que usualmente é realizada com o objetivo de realizar a exposição da aorta.

Fonte: Referência 01

Com relação ao posicionamento do paciente, temos que deixar o doente virado para a posição posterolateral esquerda parcial, com os ombros girados para a direita 50 graus e os quadris girados 20 graus.

A incisão na pele segue uma linha bastante reta como mostrado na imagem acima. Alguns cirurgiões preferem realizar uma curva em direção a linha média ao chegar na região abdominal. A extensão inferior da incisão pode variar conforme o tipo de aneurisma.

O GIF mostra a incisão que foi realizada para correção de um aneurisma toracoadominal do tipo II com extensão até a bifurcação aorto-ilíaca. Observem que a incisão vai até a região supra-púbica por conta da crítica extensão distal do aneurisma que comprometia a região proximal das artérias ilíacas. Cirurgia realizada pela professora Marcela Sales, cirurgiã cardiovascular da Santa Casa de Porto Alegre.

Fonte: Própria.

O diafragma é incisado de maneira circunferencial deixando uma margem de 02 cm com relação a periferia.

Fonte: Referência 01.

Toda a aorta toracoabdominal é exposta através do 5º ou 6º espaço intercostal esquerdo e é realizada uma abordagem retroperitoneal.

GIF mostrando o segmento torácico da aorta do mesmo paciente mostrado no GIF anterior. Observem como a aorta faz uma curva de quase 90 graus na região de transição para o abdome.

Fonte: Própria.

GIF mostrando o segmento abdominal da aorta aneurismática do paciente. Notem que ainda não foi realizado o rebatimento medial do espaço retroperitoneal a partir da goteira parietocólica esquerda (manobra de Mattox).

Fonte: Própria.

Referência:

1. Okata Y, Omura A, Yamanaka K, Inoue T, Kano H, Tanioka R, Minami H, Sakamoto T, Miyahara S, Shirasaka T, Ohara T, Nagai H, Okada K. Open reconstruction of thoracoabdominal aortic aneurysms. Ann Cardiothorac Surg 2012;1(3):373-380. DOI: 10.3978/j.issn.2225-319X.2012.09.05

#aorticaneuryms #aneurismadaaorta #aorta

Posts Em Destaque
Posts Recentes