Qual a importância da AngioTC para avaliação das coronárias?


Antes de começarmos, vejam essa entrevista de 2017 do jornal nacional onde já se falava da importância da angioTC. Porém, nessa época só era liberado o exame para casos específicos.

INTRODUÇÃO

Desde a introdução da cirurgia de revascularização do miocárdio (CRM), a CRM se tornou o tratamento de escolha para pacientes com coronárias complexas ( e estudos recentes como EXCLEL e NOBLE vem mostrado que é superior em outros casos não complexos)

Guidelines Europeu e Americano recomenda que a decisão de realizar CRM ou angioplastia (PCI) seja discutida com um heart team (equipe composta por cirurgião cardiovascular, cardiologista intervencionista e um cardiologista clínico), A extensão da lesão coronária, o acesso anatômico estipulados de acordo com o SYNTAX score, combinado com as características clínicas do paciente e comorbidades, são de grande valia para tomada da decisão sobre qual melhor estratégia, cirurgia ou angioplastia.

A angiografia coronariana tem sido o método diagnóstico que guia qual método deve ser utilizado. A angiotomografia computadorizada vem como um método não invasivo que pode prover com acurácia a complexidade anatômica das coronárias e lesões subsequentes. Além disso a angioTC pode realizar no mesmo exame o FFR (fração de fluxo reverso). O SYNTAX III Revolution trial tem demonstrado que a decisão entre PCI x CRM pode ser tomada sim com uso de angiotomagrafia, dessa forma utilizando-se de um método não invasivo que nos daria informações suficientes para qual tipo de procedimento seria o mais indicado para o pacientes em questão e diminuindo o “viés" já que ele está na mesa da angiografia vamos angioplastar!!!.

OBJETIVO

A angiografia coronariana é um método invasivo que atualmente é o método diagnóstico de escolha para guiar as decisões de qual melhor estratégia de revascularização (PCI x CRM). Os guidelines recomendam que a decisão da melhor estratégia deve ser aquela que além das comorbidades do paciente e fragilidade do paciente deve-se avaliar a gravidade das lesões coronarianas (coronárias muito calcificadas, tortuosas, múltiplas coronárias afetadas, calibre dos vasos e etc). A angiotomagrafia coronariana com FFR vem emergindo para conseguir dar as mesmas informações da angiografia de forma NÃO INVASIVA.

Nesse estudo, datou-se pacientes com lesão de tronco ou lesões de 3 vasos que serão submetidos a CRM e o intuito do trabalho é averiguar se com a angiotomografia é possível cria uma estratégia cirúrgica com base nas informações fornecidas pela angioTC integrada com FFRct

Objetivo primário é testar a teoria de que a angiotomografia computadorizada com FFRct (método não invasivo) é capaz de fornecer informações suficientes ao cirurgião sobre as lesões de coronárias para dessa forma, o mesmo poder traçar um plano cirúrgico seguro.

MÉTODOS

Esse estudo representa uma pesquisa feita pelos cirurgiões envolvidos no SYNTAX III Revolution trial. Nesse trabalho, o heart team foram randomizados a escolher o tratamento para o paciente de acordo com os achados da angiotomografia. AngioTC e FFRct de 20 pacientes apresentados para 5 cirurgiões cardíacos, ou seja 100 observações sobre se é factível ou não a utilização de angioTC para analise de coronárias como método pré cirúrgico.

RESULTADOS

A decisão feita de acordo com a angioTC e FFRct para o tratamento cirúrgico foi plausível por cerca de 84% dos cirurgiões dos casos com excelente acerto de quais anastomoses deveriam ser feitas para cada paciente. (intraclass correlation coefficient 0.77, 95% confidence interval 0.35–0.96).

CONCLUSÃO

Usando técnica de imagem não invasiva somente em pacientes com lesão de tronco ou 3 vasos coronárianos doentes, foi extremamente aceito para planejar o tratamento cirúrgico (número de anastomoses). Mais estudos devem ser feitos sobre esse assunto, deve-se colocar na pratica clinica para avaliarmos a segurança e se realmente e passível de ser feito o estudo coronariano entraves da angiotomografia.

BÔNUS

Aqui vamos publicar um vídeo onde o médico fala um pouco sobre como é o exame, VÍDEO VOLTADO PARA LEIGO.

REFERÊNCIA BIBLIOGR;AFICA

1) Interactive CardioVascular and Thoracic Surgery 29 (2019) 209–216 doi:10.1093/icvts/ivz046 Advance Access publication 18 March 2019

#radiologia #angiotomografia #coronaria #doencacoronaria #FFR #SYNTAXIIIRevolutionTrial #Feasibility

Posts Em Destaque