Quando indicar procedimento concomitante: valva + coronária?


Vamos supor que temos um paciente com indicação de cirurgia valvar, realizamos a investigação pré-operatória para cirurgia de valva e encontramos doença arterial coronariana (DAC). Devemos intervir na coronária juntamente com a valva?

Segundo as recomendações da AHA 2014 paciente que irão para cirurgia de revascularização do miocárdio (CRM), a combinação de CRM e troca valvar reduz a taxa perioperatória de infarto do miocárdio, mortalidade perioperatória, mortalidade tardia e morbidades quando comparado com procedimentos em momentos diferentes, mesmo sabendo-se que o procedimento combinado apresenta riscos reais de mortalidade também.

Uma alternativa em alguns pacientes é realizar o procedimento híbrido (troca de valva + angioplastia / implante de valva transcateter + CRM), porém mais estudos precisam ser feitos.

Sendo assim vamos para a recomendação da ESC/EACTS

Classe I: CRM deve ser feita em pacientes que serão submetidos a cirurgia valvar cardíaca com DAC se >69% de estenose intraluminal em artérias coronárias maiores.

Classe IIa: CRM pode ser indicada em pacientes que serão submetidos a cirurgia valvar se estenose de coronária entre 50-70%

Referência bibliográfica

  1. 2014 AHA/ACC Guideline for the Management of Patients With Valvular Heart Disease; página 150

  2. 2017 ESC/EACTS Guidelines for the management of valvular heart disease; pág 2745

#CRM #cardiologia #cirurgiavalvaraórtica #TrocaValvaAortica #cirurgiadevalva #AHA #CRMVALVA #cirurgiacardiaca #cardiacsurgery #cardiology

Posts Em Destaque
Posts Recentes